Press "Enter" to skip to content

Sufrágio Universal e Sufrágio Censitário

Last updated on Junho 12, 2022

O nosso sistema provém de uma tensão entre dois princípios de organização. 

De um lado, o mercado regido pelo sufrágio censitário, em que a apropriação de bens é proporcional aos recursos de cada um. Do outro lado, a democracia, regida pelo sufrágio universal. 

De um lado o individualismo e a desigualdade, do outro a sociedade e a igualdade, o que obriga à busca permanente de um «meio-termo», de um grau aceitável de desigualdades. Esta tensão é dinâmica porque permite ao sistema adaptar-se, e não se desmoronar como geralmente sucede nos sistemas mais rígidos por um princípio de organização (…).

Só as formas em movimento podem sobreviver, as outras entram em esclerose. Ora o movimento é tensão, o que, precisamente a conjugação de certas políticas económicas e a influência dos mercados financeiros querem evitar a todo o preço. 

Hoje, o aumento do desemprego e da pobreza por derivar de uma aplicação demasiado dogmática do princípio do liberalismo, desequilibra essa tensão e poderia obrigar-nos a viver em sentido contrário à marcha da História.

Fitoussi, Jean-Paul:  O Debate Tabu – Moeda, Europa e Pobreza